Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

O que sonhas?

Imagem
O que sonhas, adormecido por tanto tempo? Com a cara encostada na relva nos teus primeiros tempos? Onde ouvias o som de mil pássaros ao entardecer dos dias? Conta-me o teu sonho, enquanto dormes tão quieto. Entre folhas reviradas ao amanhecer e flores que se curvam, à procura de uma palavra nos olhos de um amigo?

Aqui mesmo

Imagem
Situa-se tão perto que, à vista limpa, quase consigo ver o fio de passagem. Sinto quem daqui foi chegar-se a mim, tocar-me a mão. Muitas vezes penso que podemos encontrar aqui mesmo o que outros localizam no céu. Sabes avozinho, aqui mesmo?

O Caminho

Imagem
A chuva deixou o caminho lamacento, a terra encharcada. Foi beber daquela torneira enferrujada, que cintilava apesar do musgo e cuspia gelo liquefeito. Amou-a nesse mesmo local, em dias idos, à primeira visão do seu rosto. E agora sorri, percebeu que os sonhos que tinha estavam cheios de gralhas. Reflectiu e leu romances, depois versos de outras cidades, feitos por homens mais espertos do que ele. Mas estes homens estavam tão longe da fonte e tão distantes da pedra onde, entre folhas secas, poisavam aves sem dono.