Amanhece



Ao amanhecer, quando uma ave ensaia o despertar… inicia-se o momento da nostalgia de todo o pó que a morte abandonou. Hora dos nascidos, em que se forma a primeira costela de um novo ser humano. Amado, a nostalgia atravessa-me rugindo.

Comentários

Anónimo disse…
Amanheço a...

Imaginar a forma
do outro ser na língua

O toque inteiro

E se respiro a boca não atinge
a nudez una
onde começo

Onde a mão se perde...
Damien disse…
Em teu corpo, lânguida amante,
Me apraz contemplar,
Como um tecido vacilante,
A pele a faiscar.

Em tua fluida cabeleira
De ácidos perfumes,
Onde olorosa e aventureira
De azulados gumes,

Como um navio que amanhece
Mal desponta o vento,
Minha alma em sonho se oferece
Rumo ao firmamento

(Baudelaire)

Onde me perco...
MJ disse…
E ao frio também faz calor...

Abraço-te,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro