Os ex-amantes



Encontram-se numa terra triste – Um sorriso e um toque, enquanto o sol pisca e desaparece a oeste com o último suspiro do dia levado pelo vento – É o máximo a que se podem atrever, e o melhor. Dizem que a paixão arrefeceu, que a chama está morta algures; "Bons amigos, uma vez mais, encontram-se com um aperto de mão e sonham partir. Eles são a terra onde se encontram.

Comentários

Maria disse…
Porque te amo? Deixa-me então contar. Eu amo-te em profundidade em largura e altura,
quando estou fora de alcance pelos confins do ser e do ideal. Amo-te ao nível da tranquilidade de todos os dias,
ao sol e à luz trémula de uma vela. Amo-te livremente. Amo-te com a paixão posta em uso. Amo-te com um amor que julgava perdido,
amo-te ao respirar, sorrir, chorar, viver. E, podendo fazê-lo, amo-te para lá da morte.

[F. M.]

Exactamente assim.
Beijo-te,
Damien disse…
Mas tu és todas as coisas, de outra forma não serias tu. Vem aqui, mais perto; quando estiveres no círculo do meu braço terei ficado completo. Sim, beija-me uma vez mais e deixa-me sentir-te bem perto.

Beijo-te,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro