Nunca regressar



Com as costas encostadas às rochas, sonhei um amor com força de tempestade, alucinante, com aroma de algas iodadas e sabor acre de sal. Um amor de horizontes infinitos sobre o mar e debaixo do sol. Com as costas encostadas às rochas, sonhei ser também mar; pernoitar nas entranhas dos arquipélagos e nunca regressar.

Comentários

Anónimo disse…
Mostrai-me as anémonas, as medusas e os corais
Do fundo do mar.
Eu [Re]nasci há um instante.

Sophia M.B.

Para ti,
tudo.
Damien disse…
Renasci contigo.
Contigo, tudo.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro