Admirável novo mundo



Ele, que não viveu aquele tempo, que tinha o direito de carecer de memória, que abriu os olhos quando já tudo estava terminado e todos nós condenados à vergonha e à morte, desterrados, enterrados, presos, acostumados ao medo. Mas foi na sua imaginação que voltámos a nascer, muito melhores do que fomos, limpos da cobardia e da verdade.

Comentários

Maria disse…
De manhã, apanho as ervas do quintal. A terra,
ainda fresca, sai com as raízes; e mistura-se com
a névoa da madrugada. O mundo, então,
fica ao contrário: o céu, que não vejo, está
por baixo da terra; e as raízes sobem
numa direcção invisível. De dentro
de casa, porém, um cheiro a café chama
por mim: como se alguém me dissesse
que é preciso acordar, uma segunda vez,
para que as raízes cresçam por dentro da
terra e a névoa, dissipando-se, deixe ver o azul.

[N.Júdice]

Ainda a Renascer.
Contigo,
Damien disse…
.... vem deitar-te comigo no feno dos romances
para que a manhã não solte o ciúme
e de novo nos obrigue a fugir....

[Al Berto in "Amor dos Fogos"]

Sim, a renascer.
Contigo,
Anónimo disse…
Se o futuro assim permitir
Não pretendo viver em vão

Tem um mundo a esperar por nós
No infinito do céu azul
...

Tudo,

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco