Eutanásia



Na inclinação morena dos teus olhos, o silêncio converte-se em aroma, voam palavras e lágrimas, a sombra clara converte-se em mistério. O último esquecimento morrerá com o homem, e as tuas mãos delgadas, a minha voz, e os meus olhos, tudo será divino ao perder a memória.

A dor não termina e é lenta a passagem do sangre ao repouso, levas a alma derramada pelo caminho, a angústia que me queima os olhos, à procura da palavra certa, ofereço-te a sombra, a paciência do mundo onde esqueço a espera, onde esqueço esta angustia imóbil de ser árvore, onde posso acreditar, porque caminhamos juntos como dois irmãos perdidos na neve.

Comentários

Maria disse…
O que mais desespera, não é o impossível. Mas o possível não alcançado...
[R.Mallet]

A caminhar porque 'a Vida nunca
foi só Inverno, nunca foi só bruma e desamparo' e o amor 'hão-de pedir-to quando chegar a Primavera'

Contigo,
Damien disse…
chegou a hora de amar desesperadamente
apaixonadamente
descontroladamente
chegou a hora de mudar o estilo
de mudar o vestido
chegou atrasada como um trem atrasado
mas que chega

Chacal, "20 anos recolhidos"

Contigo,

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco