Ser sombra



Detém-se o vento no caminho; a sombra é o silêncio da tarde. Senti-te chorar. Há um fumo distante, um comboio que regressa, enquanto digo: sei que sou a tua própria dor, mas quero amar-te.

Comentários

Maria disse…
Somos e damos sempre mais do que alguma dor causada, sentida. Por isso é que acreditamos e queremos tudo mesmo que doa. A dor é apenas uma parte do Caminho, não é o Caminho.

O que se escreve quando o que queremos dizer é
'...-te, tudo, todo'?

Contigo,
Damien disse…
As pessoas têm medo de si mesmas, de viver; de sentir. Sim, o amor magoa. Os sentimentos assim fortes perturbam. E passamos a vida a ouvir dizer que a dor é "coisa do demo". Mas como poderemos lidar com o amor se temos medo de sentir? A dor desperta-nos.

Sim, tudo, contigo.
io disse…
ah como o amor pode magoar e quantas vezes se foge com medo do amor. Mas, felizmente, há seres como vocês que não são assim. E eu gosto muito. Gosto muito de ambos. Muito mesmo e estou a torcer, todos os dias, pelo vosso amor. sem medos.

PS: eu sei que sabes, mas importa que o reafirme, Damien: gosto muito muito do que escreves e a sensibilidade com que pensas. Obrigada. Abraço.
Damien disse…
Agradeço imenso as tuas palavras e sobretudo o apoio que tens dado.

Sim, amar, gostar assim dos amigos, partilhar tudo sem medo de mostrar a carne, o sangue, sem silenciar o bater do coração. Tudo, sem medo, a vida.

Abraço grande,

ps: O sentimento é mútuo. Ainda para mais, vindo de ti, este elogio tem um peso enorme (daqueles pesos que nos tornam mais leves, sabes?).

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco