Apenas uma maçã



Para não se desorientar no emaranhado de acontecimentos, dilatou-se na criação de um novo homem. Esse, seria o instrumento que permitirá vincar a carne viva carne dos feitos da actualidade, o homem telejornal, o homem 60 minutos (45 acima dos 15). Ele, que observa todo o pomar de maçãs, não vê mais do que o pomar. Enquanto aquele que se limita a olhar profundamente uma só maçã pode compreender o crescimento de todas.

Comentários

Maria disse…
colinas aparecidas numa volta de oxigénio, frutas
aonde o ar faz muita luz

do fundo do ar,
do fundo da garganta à fome da boca

a língua que me atravessa

comi-a como páo vivo,
bebi-a como água crua

por conhecer linha a linha o corpo que se move,
a luz que se levanta,
o ar que consome

ponta com ponta tocando-se dentro da boca,
é por lá que se apura em leveza e quilate o elemento ouro:
toca-me
língua

melhor é saliva língua na língua do que resolvê-la em poemas maiores,
ou falá-la

a minha língua na tua língua em todos os sentidos
saliva, muita, e temperatura animal.

in, A Faca Não Corta o Fogo

Apenas tudo, tudo e tudo.
Contigo,
Damien disse…
Deitada és uma ilha E raramente
surgem ilhas no mar tão alongadas
com tão prometedoras enseadas
um só bosque no meio florescente

promontórios a pique e de repente
na luz de duas gémeas madrugadas
o fulgor das colinas acordadas
o pasmo da planície adolescente

Deitada és uma ilha Que percorro
descobrindo-lhe as zonas mais sombrias
Mas nem sabes se grito por socorro

ou se te mostro só que me inebrias
Amiga amor amante amada eu morro
da vida que me dás todos os dias

[David Mourão-Ferreira]

Contigo, apenas tudo e tudo mais.

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco