A mulher lago



Há música nesta casa durante todo o dia, e quando desce a noite não posso (nem quero) impedir que o lago, estremecendo, se apodere de todo o som e me inunde com os seus movimentos. Descubro que essas águas têm outra vocação, que se sabem rio, e mar, e riso, e vento, que se distraem do seu destino. Eu nunca a vi de outra forma.

Comentários

Maria disse…
Estás aqui comigo deixa-te estar aqui comigo

é das tuas Mãos que saem alguns destes ruídos...
mas até nos teus gestos domésticos
Tu És mais que os teus gestos domésticos
Tu És em cada gesto todos os teus gestos
e neste momento eu sei eu sinto ao certo o que significam certas palavras...

prossegue nos gestos Não Pares procura permanecer sempre presente
deixa docemente desvanecerem-se um por um os dias
e eu saber que aqui estás de maneira a poder dizer
sou isto é certo mas sei que Tu estás aqui

[Ruy Belo]

Gosto...
Tudo, contigo.
Damien disse…
.... vem deitar-te comigo no feno dos romances
para que a manhã não solte o ciúme
e de novo nos obrigue a fugir....
.... vem estender-te onde os dedos são aves sobre o peito
esquece os maus momentos a falta de notícias a preguiça
ergue-te e regressa
para olharmos a geada dos astros deslizar nas vidraças
e os pássaros debicam o outono no sumo das amoras....

[Al Berto]

Muito...
Tudo, contigo.
Maria disse…


já não é hoje ?
não é aquioje?

já foi ontem?
será amanhã?

já quandonde foi?
quandonde será?

eu queria um jàzinho que fosse
aquijá
Tuoje aquijá.

[A.O'Neill]

Sim, sim e sim.
Tudo, muito.

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco