Amanhecer #2



Riqueza inesgotável do minuto, dá-me uma gota que me inflame os sentidos; dilata os confins do humano, as infinitas possibilidades do homem, o jogo de sorte universal.

Comentários

Maria disse…
Sol atrevido,
porque vens tu assim
visitar-nos, através de janelas por entre cortinas?
devem as estações dos amantes obedecer a teus movimentos?

Ao Amor tudo é igual, não conhece estação, nem clima,
nem horas, dias, ou meses...

Está bem, é dia - e que importância tem?
Deveremos levantar-nos só porque está luz?

A luz não tem língua, é toda só olhos.
Se pudesse falar tão bem quanto espia,
O pior que diria é que, estando bem,
Eu quero gostosamente continuar
E que amo tanto...

[J.Donne]

...amanhecer, Contigo.
Tudo,
Damien disse…
Seu peito como um fogo de duas chamas
ardía em duas regiões levantado,
e num duplo rio chegava a seus pés,
grandes e claros.

Um clima de ouro madrugava apenas
as diurnas longitudes do seu corpo
enchendo-o de frutas extendidas
e oculto fogo.

[Pablo Neruda]

A chama dupla.
Contigo,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro