Clima



Os realizadores de sonhos sobreviveram aos climas gélidos e brotaram por geração espontânea nos climas cálidos. Quem sabe as árvores, os céus azuis, as chuvas torrenciais tiveram algo a ver com isto. A verdade é que estes seres não deixavam de sonhar, de viver e de construir mundos, mundos de homens e mulheres que se chamavam de amantes (de quem ama), que se ensinavam uns aos outros a ler, se consolavam nas mortes, se curavam e tratavam entre si, se desejavam, se ajudavam na arte de querer e na defesa da felicidade.

Comentários

Maria disse…
Eu ofereço-te o
amor a terna intimidade o riso e essa suave conversa que
prolonga o acto da carne.

[Grécia, séc. II a.C.]

E tudo, ainda mais.
Contigo,
Damien disse…
Dai-me uma jovem mulher com sua harpa de sombra
e seu arbusto de sangue. Com ela
encantarei a noite.

Dai-me uma folha viva de erva, uma mulher.
Seus ombros beijarei, a pedra pequena
do sorriso de um momento.

Mulher quase incriada, mas com a gravidade
de dois seios, com o peso lúbrico e triste
da boca. Seus ombros beijarei.

[Herberto Helder]

O amor em permanente crescendo.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro