Do nosso planeta



Em todas as profecias está escrita a destruição do mundo. Todas as profecias contam que o homem cuidará da sua própria destruição. Mas os séculos e a vida que sempre se renova engendraram também uma geração de amadores e sonhadores, homens e mulheres que não sonharam com a destruição do mundo mas com a sua construção.

Comentários

Maria disse…
Sou filósofo porque amo a...
*
Toda a filosofia começa por um primeiro beijo.
*
Não tardou a verificar as combinações que uniam todas as coisas, as semelhanças, as coincidências. Pouco depois já não via nada isoladamente. As percepções dos seus sentidos concentravam-se em fartas e variadas imagens. Ouvia, via, tocava e pensava ao mesmo tempo. Comprazia-se em reunir coisas díspares. Ora as estrelas lhe pareciam homens, ora os homens lhe pareciam estrelas; as pedras, animais; e as nuvens, plantas. Brincava com as forças e os fenómenos. Sabia onde e como uma coisa e outra podiam encontrar-se e aparecer.

Quando lemos ou escutamos um verdadeiro poema, sentimos que uma inteligência muito íntima da Natureza se perturba; e ao mesmo tempo nela, e por cima dela, flutuamos como um corpo celeste.

[Novalis]

É assim... Tudo.
Contigo,
Damien disse…
A rosa:
tua nudez feita graça.
A fonte:
tua nudez feita água.

A estrela:
tua nudez feita alma.

[Juan Ramón Jiménez ]

A vida: tudo, contigo.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro