O presente e o porvir



O prazer ao tocar o teu calor como amante. Corre mel e vinho nas tuas veias, corro a tua vida vivo e moro em ti. Quero ser mas nada sou sozinho, quero-te: o meu solo, terra e céu, o meu corpo sólido no teu corpo.

De presença absoluta, ânsia, as estrelas sobem contigo, eu sigo-te. Quero-me vivo no teu olhar, no teu pensamento, no mesmo mundo em que giras, seguir a tua estrela natal, sexo de fogo. És a minha verdade, o dito e o por dizer, o presente e o porvir.

Comentários

Maria disse…
CONCEBO-TE.

Tenho o vício contigo.
Amo a vida contigo.

Concebo-te.

Partiremos os dois, a nossa estrada é só uma.
Partiremos pela Terra toda. O nosso amor são
os teus lábios e os meus a tocarem nos teus.
Selo os meus lábios nos teus
e Somos os dois pares na mesma órbita
só o beijo diz a nossa verdade as nossas palavras
com o beijo não fica nada por dizer


Vejo o teu sexo e incandesço
incandesces
vamos depois para o amor sexual
abro-te o sexo com as palavras
e amamo-nos
selamos o beijo no meio do amor sexual
e Somos
mais nada mais ninguém

Amo-te e digo-te
Amo-te e quero-te

Para além da morte
na vida
estou sempre à tua espera para te amar
e dizer

Tu és o meu nome o meu fim


[A.Gancho]

E tudo, tudo e ainda mais.
Contigo,
Damien disse…
Que nenhuma estrela queime o teu perfil
Que nenhum deus se lembre do teu nome
Que nem o vento passe onde tu passas.

Para ti criarei um dia puro
Livre como o vento e repetido
Como o florir das ondas ordenadas.

[Sophia de Mello Breyner]

Todos os dias e tudo mais.
Contigo,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro