Muito mais



Todas as parcelas da minha vida têm algo teu e isso na verdade não é nada de extraordinário, tu sabe-lo tão objectivamente como eu. Há algo que queria tornar claro: quando digo todas as parcelas, não me refiro apenas a isto de agora a isto de esperar-te e tão bom encontrar-te e porra perder-te e voltar a encontrar e agora tudo. Não, é muito mais do que tudo, muito mais que a vida.

Comentários

Maria disse…
...uns olhos que nos olham,
uma garganta iluminada pela luz de uma lâmpada e depressa regressada à noite,
o brilho de uma coxa,
a sombra que desce do umbigo ao sexo.

Cada um destes fragmentos vive por si só mas alude à totalidade do corpo. Esse corpo que, de súbito, se tornou infinito. O corpo do meu par deixa de ser uma forma e converte-se numa substância imensa na qual, ao mesmo tempo, me perco e me recupero.

O tempo do amor não é grande nem pequeno: é a percepção instântanea de todos os tempos num único, de todas as vidas num instante.

[O.Paz]

E como tuas mãos entre as minhas se entrelaçam...
Tudo,
Damien disse…
No barco sem ninguém ,anónimo e vazio,
ficámos nós os dois ,parados ,de mão dada ...
Como podem só os dois governar um navio?
Melhor é desistir e não fazermos nada!
Sem um gesto sequer, de súbito esculpidos,
tornamo-nos reais,e de maneira,à proa...
Que figuras de lenda!Olhos vagos,perdidos...
Por entre nossas mâos , o verde mar se escoa...
Aparentes senhores de um barco abandonado,
nós olhamos,sem ver,a longínqua miragem...
Aonde iremos ter?- Com frutos e pecado,
se justifica, enflora, a secreta viagem!
Agora sei que és tu quem me fora indicada.
O resto passa ,passa...alheio aos meus sentidos.
-Desfeitos num rochedo ou salvos na ensseada,
a eternidade é nossa ,em madeira esculpidos!

[David Mourão-Ferreira]

A eternidade é nossa.

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Aqui mesmo