Luz



Todo o mundo é luz e sombra. Mas a ele seguiu-o a sombra mais que a luz. A paixão, o amor e tudo o que mais sentia, momentos de uma sorte sem igual. Ela acompanha-o enquando anda, come, bebe, dorme, acorda, amanhece e a despe e se despe para que habite entre a sua luz.

Comentários

Maria disse…
Como a luz entre os dedos deslizam
Como tu própria entre as minhas mãos
Como tuas mãos entre as minhas se entrelaçam
Um dia que começa em minhas palavras
Luz que amadurece até se tornar corpo
Até ser sombra de teu corpo luz de tua sombra
Rede de calor pele de tua luz
Um dia que começa em tua boca
O dia que se perde em nossos olhos
O dia que se abre em nossa noite

[O.Paz]

Sim, 'de uma sorte sem igual'...
Contigo,
Damien disse…
Ia pelas praças que inventava
acordando uma saudade antiga…

manhãs de sol, a orla da praia
luz e cores pela alma bebidas
e o tempo a escoar-se lento
num vago murmúrio de eras perdidas

ressurgindo, assim, o canto e o sol
odes de luz reflectiam…
os olhos curados renegavam sombras
e outra vez e outra
acreditar podiam.

[Angela Santos]

Acreditar podemos.
Contigo,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro