A primeira lua



O que é a lua não o sabemos homens, artistas e escritores, que sentido tem o seu ser e o seu modo, a sua relação com a terra, a sua perseguição ao sol, e tantas coisas mais que dela ignoramos mas que apenas pode explicá-las o mistério.

Comentários

Maria disse…
Na quietude daquele luar de Outono,
o seu rosto estava inclinado para mim,

E o seu braço repousava levemente sobre o meu peito - e nessa noite fui feliz.

[W. Whitman]

Conheço todas as razões...
Aquela noite é uma delas. A de ontem, outra.
Tudo, muito.
Damien disse…
Deixo-me
ficar na quietude
que invade o dia
e abandono-me à corrente dos sons
que assomam à flor de mim

No seio do silencio que chega
escuto teus passos,
tua voz , teu rir
tua presença inteira
suavemente me invadindo

Eu não estou só....

Eu não sou apenas eu,
todos os lugares em mim
corpo, memória alma
abrigam os teus sinais,
te amo como respiro

E vivo
ao compasso do meu eu
transfigurado em nós

[A. Santos]

Tudo, ainda mais.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro