Respostas



Diga o que se diga, os livros dão respostas. Ainda que não sejam soluções, ainda que não sejam definitivas. Respostas instantâneas, luzes como relâmpagos no obscuro. Uma frase bonita, uma pasagem de um romance, um verso: eis, de imediato, a verdade. E tudo sem sentido, e toda a desordem, convertem-se, repentinamente, em beleza.

Comentários

Maria disse…
Porque eu amo-te,
quer dizer, estou atento
às coisas regulares e irregulares do mundo.

Ou também: eu envio o amor
sob a forma de muitos olhos e ouvidos
a explorar, a conhecer o mundo.

Porque eu amo-te, isto é, eu dou cabo
da escuridão do mundo.

Porque tudo se escreve com a tua letra.

[F.Assis Pacheco]

Haverá sempre quem reconheça a riqueza inesperada das suas sugestões e a sua beleza.

Em ti.
Tudo,
Damien disse…
o gelo transparente onde mergulha a imagem
dos corredores, lançados no velocíssimo sossego sem repouso
das palavras trocadas, das bocas e dos braços misturados
pela luz, que é uma areia movediça,
este saber de nós sem ócio e sem negócio, iguais
às portas do trovão, onde o mais sábio
se lança nu compacto deus do fogo e ri

[António Franco Alexandre]

A tua beleza, a tua luz e jogos de sombras, são de uma inesperada riqueza.
Ainda mais,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro