Querer I



As tuas mãos são a minha carícia, o meu acordar. Quero-te porque és minha cúmplice, e somos muito mais que dois. Os teus olhos são a minha arma contra viagens indesejadas, quero-te pelo teu olhar. A tua boca que é tua e minha, a tua boca não se engana, quero-te porque a tua boca sabe gritar desejo.

Comentários

Maria disse…
olhos semicerrados, boca entreaberta, pernas e braços se alongando em dedos...

Aqui é um outro oceano. Um outro tempo.

Dois, um perfeito Um.

Amo-te,
Damien disse…
Amo os teus olhos, esses olhos que brilham, que falam milhares de palavras. Afogo-me neles, amaria ficar neles para sempre. Os teus olhos como um dia que nasce, exótico, belo. Perco-me neles, esquecendo o mundo atrás de mim.

Amo-te,

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco