Estas colinas


Brett Weston

Vejo-a, e põe-se perante mim, definida, imutável. A sua realidade, a minha, a nossa, leva-me mais longe. É a mulher entre as outras: surpreende-me. Semeia a manhã. Mostra-me nos olhos todos os céus de manhãs remotas. Tem nos olhos um objectivo persistentente: a luz mais limpa que alguma vez teve o amanhecer nestas colinas.

Comentários

Maria disse…
o tempo, subitamente solto pelas ruas e pelos dias, como a onda de uma tempestade a arrastar o mundo,
mostra-me o quanto te amei antes de te conhecer.

eram os teus olhos, labirintos de água, terra, fogo, ar, que eu amava quando imaginava que amava. era a tua a tua voz que dizia as palavras da vida. era o teu rosto.

era a tua pele. antes de te conhecer, existias nas árvores e nos montes e nas nuvens que olhava ao fim da tarde.

muito longe de mim, dentro de mim, eras tu a claridade.

[J.L.Peixoto]

Sim, tu.
Tudo,
Damien disse…
Bom é que não esqueçais
Que o que dá ao amor rara qualidade
É a sua timidez envergonhada
Entregai-vos ao travo doce das delicias
Que filhas são dos seus tormentos
Porém, não busqueis poder no amor
Que só quem da sua lei se sente escravo
Pode considerar-se realmente livre

[F. Pessoa]

Sim, sou livre.
Contigo,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro