Entre montes III



Nesta colina verde que se ergue como uma onda, parece-me que vejo o vencido preparado para a guerra. Há fogo escondido no seu olhar firme.

Agora, com o declinar do dia, ouço os sinos de aldeias distantes: e assim flutua a sua música no ar crepuscular.

Comentários

Maria disse…
Falareis de nós como de um sonho.
Crepúsculo dourado. Frases calmas.
Gestos vagarosos. Música suave.
Pensamento arguto. Subtis sorrisos.
Paisagens deslizando na distância.
Éramos livres. Falávamos, sabíamos,
e amávamos serena e docemente.
...
E, em segredo, saudosos, enlevados,
falareis de nós - de nós! - como de um sonho.

[Jorge de Sena]

Sim, de nós.
Tudo, muito,
Damien disse…
Devias estar aqui rente aos meus lábios
para dividir contigo esta amargura
dos meus dias partidos um a um

- Eu vi a terra limpa no teu rosto,
Só no teu rosto e nunca em mais nenhum

[E.de Andrade]

Apenas em ti, sou.

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco