A estrada



Vamos por aquela estrada, tu e eu, vamos juntos por ali. A vida esperou por nós. Vamos descer a estrada, tu e eu – e, se estiveres assustada, os meus braços irão sossegar-te –.

A Primavera é época de paixões? Só a Primavera? Só paixões? Que vista curta têm as pessoas que decidem não caminhar. Vamos, algo bem mais profundo chama por nós; seguimos a estrada, eu e tu.

Comentários

Maria disse…
Tu e eu meu amor
meu amor eu e tu

que o amor meu amor
é o nu contra o nu.

[Manuel da Fonseca]

Contigo.
Tudo,
Damien disse…
Procura a maravilha.

Onde um beijo sabe
a barcos e bruma.

No brilho redondo
e jovem dos joelhos.

Na noite inclinada
de melancolia.

Procura.

Procura a maravilha.

[E. de Andrade]

Encontro-a em ti.
Tudo,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro