A seguir



O mundo já dormia há muito, a terra estava fria e cinzenta, ouvia o som dos meus passos a ecoar e a voz das árvores. Não importa se o caminho se fez rochoso, estreito, ingreme; eu continuei a perseguir-te, a visão da beleza de tudo em ti, o profundo e absoluto êxtase.

Corri entre silêncio orvalhado, sem pensar no que ficava para trás. Era apenas um sonho e desvaneceu-se ao nascer do sol. Apenas um sonho. Acordo, sigo o amanhecer que me leva até ti.

Comentários

Maria disse…
"Assim é este amor que tudo compreende e tudo pode."

[F.M.]

Amo-te.
Damien disse…
Eu, que não sou pedra, apenas caminho, vivo de amor por ela; entrego-lhe o meu corpo, levo-lhe uma nuvem. Ela compreende, como eu, que nada entre todas as nuvens vale tanto quanto um amor que se entrega.

[F.M.]

Amo-te.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro