Toque de passagem



O que é a vida senão um toque de passagem sobre o mundo; uma pegada nas praias terrestres que a próxima onda irá apagar; uma marca de algo que passou; uma sombra numa parede que se afasta ao olhar a substância; uma gota de uma nuvem a cair numa pedra, numa folha. É um momento contigo que vale uma eternidade.

Comentários

Maria disse…
Estou ali, totalmente abstraído do que nos rodeia. Estás ali apenas para que nos possamos amar, disposto a nada menos do que atear os nossos corpos. Lá estou a falar de ti outra vez.

Tão pouco mais importa. Funde-se a minha cabeça entre os teus seios. Tento adivinhar o que estás a sentir, quando os nossos joelhos nos apertam, quando nos tornamos líquidos.

E vemo-nos retratados ali onde está a felicidade escrita de uma forma que desconhecia.

E abraças-me com força, e adormeces assim. Temo-nos, juntos conjuramos a eternidade.

Sim, estou aí.

[F.M.]

Contigo.
Tua,
Damien disse…
Estou contigo. Da tua janela acompanhamos o desaparecimento das sombras, o nascer do dia. Olhamo-nos e sorrimos enquanto o vento suspira.

Os dois, um.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro