Amadurece II



Leva consigo um jardim de botões prestes a despontar; um paraíso aquele lugar de fruta amadurecida; onde crescem cerejas que ninguém pode comprar até que estas amadureçam em sorrisos. Estas cerejas trazem dentro de si pérolas do oriente, e quando ela sorri, brilham de igual; no entanto não se podem comprar até que amadureçam em sorrisos.

Comentários

Maria disse…
Só cabe no poema
o homem sem estômago
a mulher de nuvens
a fruta sem preço

[Ferreira Gullar]

Sim, nós.
A caminho do segundo ano, em Setembro, o mês em que começa o amadurecimento...
Beijo-te,
Damien disse…
A solidão era eterna
e o silêncio inacabável.
Detive-me com uma árvore
e ouvi falar as árvores.

[Juan Ramón Jiménez]

E eras tu a árvore.
E desejo amadurecer contigo.
Beijo-te,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro