Ninguém senão ela



Eu amei os nossos dias inteiros. E sou para amar milhares de dias mais, enquanto o tempo estiver do meu lado. Deve o tempo afastar as suas asas e tentar descobrir em todo o mundo quem ame mais assim.

E não poderia ter sido ninguém senão ela, aquele sorriso reencontrado, em duas dezenas de anos procurada.

Comentários

Maria disse…
o nosso amor faz-se de coisas destas

é o amor do amor o amor no amor
é o amor do corpo pelo corpo
do teu corpo pelo meu e do meu pelo teu corpo

vivo de ti
vives em mim

[A. Gancho]

Assim mesmo.
Amo-te,
Damien disse…
Inflama-me, poente: faz-me perfume e chama;
que o meu coração seja igual a ti, poente!
descobre em mim o eterno, o que arde, o que ama,
...e o vento do esquecimento arraste o que é doente!

[J.R. Jiménez]

Sim, inflamas-me.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro