Noites elevadas



Olha, está luminosa a noite. Olha onde se projecta a sombra da árvore bem longe sobre a erva. E cada rajada de vento nocturno vem carregada com o aroma de flores abertas que nunca florescem de dia: aromas nocturnos e aquele pálido disco amarelado em altura, somos companheiros das estrelas.

Comentários

Maria disse…
Não sei como dizer-te que a minha voz te procura
e a atenção começa a florir, quando sucede a noite
esplêndida e casta.

Não sei o que quer dizer, quando longamente teus pulsos
se enchem de um brilho precioso
e estremeces como um pensamento chegado.

[Herberto Helder]

Não sei como dizer-te...,
mas talvez seja o luto a fazer das suas porque somos o tal 'perfeito em dois...dois em um', ou talvez seja apenas o tempo a passar..., seja o que for, eu ainda sinto tudo, ainda quero tudo muito e apaixonadamente, contigo.
Damien disse…
Hoje deitei-me junto a uma jovem pura
como se na margem de um oceano branco,
como se no centro de uma ardente estrela
de lento espaço.

[Pablo Neruda]

É verdade, nem sempre sabemos como o dizer. Mas quase todos os dias o tenho dito aqui.

Seja como for, eu ainda quero tudo muito e apaixonadamente, contigo.
Maria disse…
O equilíbrio das palavras entre si é o equilíbrio dos momentos entre si.

[Sophia M.B.A.]

Tudo, muito.
Contigo,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro