Os amantes



Os amantes assombram o céu, dois longos corpos que se agitam bloqueando o sol, tornando-se rapidamente num só.

Uma pausa, agarram-se e seguem juntos a escolha mutua, o sentir preenche o seu despertar.

Comentários

Maria disse…
Tudo se faz em silêncio. Como
a luz se faz dentro dos olhos.
O amor une os corpos.
Em silêncio vão-se enchendo um ao outro.

Qualquer dia acordam sobre braços;
pensam então que sabem tudo.
Vêem-se nus e sabem tudo.

[J. Sabines]

Tudo, contigo.
Damien disse…
Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

[Fernando Pessoa]

E sou grande, contigo.
E somos todos e todas as coisas.

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro