Sonhar-te


William Eggleston

Vem até mim nos meus sonhos, e então de manhã eu estarei bem de novo. A noite irá mais do que pagar o desesperado desejo diurno. Vem, como já vieste milhares de vezes, uma mensageira de climas radiantes, e sorri no teu novo mundo. Ou, como tu nunca chegaste de verdade, vem agora e deixa-me sonhá-lo real. Mexe-me no cabelo e beija-me a fronte e pergunta-me: Porque sofres?

Comentários

Maria disse…
Contigo aprendi coisas tão simples como
a forma de convívio com o meu cabelo ralo
e a diversa cor que há nos olhos das pessoas
Só tu me acompanhastes súbitos momentos
quando tudo ruía ao meu redor
e me sentia só e no cabo do mundo

[Ruy Belo]

Beijo-te,
Damien disse…
Assim, quando é dia,
Não temos noção
Dos astros que luzem
No profundo céu.

Mas a noite é nua,
E, nua na noite,
Palpitam teus mundos
E os mundos da noite

[Manuel Bandeira]

Beijo-te,
filipa disse…
Sem fôlego para este "Sonhar-te". Delicioso, real de mais.
Damien disse…
Muito obrigado e bemvinda ao Antimatter, Filipa.

Beijos,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro