A favorita



Eu sinto o que o céu expressa por via crepuscular, o tempo da primeira estrela, o sentir luminoso, flores distantes, o brilho onde se vê o esplendor solar de todos os nossos anos.

Eu sinto o que a respiração dos ventos expressa, quando, entre sorrisos madre-pérola, começa a maravilha de um amanhecer que cresce até ao milagre matinal.

Comentários

Maria disse…
Que sabiam os olhos e as mãos,
que sabia a pele, que retinha um corpo
da respiração do outro, que fazia nascer
aquela lenta luz imóvel
como única forma do desejo?

José Ángel Valente

Assim, contigo.
Tudo,
Damien disse…
Tu, a minha favorita. Tu, onde resido.

Tu, tudo.

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco