Apenas um



E ele foi. Ela chorava.

Ouviu-se em voz suave... "Pensavas que era um homem o que precisavas. Mas ele colocou-te numa prateleira a definhar. Pensavas que era um amante o que precisavas. Escolheste um amante que te usuo como degrau em direcção aos desprezados muros da sua vida. Não, não é um homem o que tu precisas, não um homem que não te entenda sem esforço nem o queira ter. E não é um amante o que precisas. Um amante como uma vela de cheiro, iluminando e perfurmando a tua vida por uns momentos, deixando-te depois a tarefa de lidares com a escuridão.

O que realmente precisas não é apenas um homem, apesar de ser essa a designação comum. Não é apenas um amante, apesar do que sente por ti. Será ele, com quem te completas em apenas um."

Comentários

Maria disse…
"Nossos gritos já mal ressoam no arvoredo.
Sob um secreto fogo o vosso olhar é quedo.
Não há que duvidar: vós ardeis, vós amais;"

Jean Racine

Amo-te,
Damien disse…
Nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

[Pablo Neruda]

Amo-te,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro