A dois tempos



A mulher que amava traiu a sua confiança, e ele usou as cicatrizes por uma vida.

A mulher que amava pisava a pista de dança, enquanto cantavam o seu hino fúnebre, dobravam-se tristemente os sinos, o ano era passado para mulher que o amava.

Comentários

Maria disse…
"Todas as nuvens ardem
porque te encontrei,

Todas as nuvens que existiram,
que existem e existirão,
me rodeiam com sinais de evidência;
elas são para mim
a afirmação que se ergue do profundo
fundo de ar em que vivo;
o subir verdadeiro do subir,
do subir do achado no alto profundo."

Juan Ramón Jimenez

Beijo-te,
Damien disse…
"Uma após uma as ondas apressadas
Enrolam o seu verde movimento
E chiam a alva espuma
No moreno das praias."

[Ricardo Reis]

Beijo-te,

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Aqui mesmo