Variações sobre o sentir II



Ele amava-a; e tu disseste-lhe que ela não. “Bem, se eu a amava? E se ela se esqueceu, bem, eu não a esqueci até mesmo agora: o tempo e as lágrimas gastas podem ensinar-me a esquecer. Então ela está com alguém. Ela era o meu chão e o meu céu. Até pode ser: só sei o que ela era para mim.”

Amigo, ter amado, ter sido assim feliz, quem melhor destino nos pode a vida reservar? A cada homem devia ser suficiente amar.

Comentários

Maria disse…
"Amar é perder-se no tempo,
ser espelho entre espelhos.
É idolatria...

Ao que é temporal chamar eterno...

Amar é despenhar-se
cair infindavelmente,
o nosso par
é o nosso abismo...

amar é duplo
e sempre dois

dois é querer continuar o mesmo
e já ser outro, e outra

amar é ter olhos nas pontas dos dedos
tocar no nó em que se enlaçam
quietude e movimento

Quero-te..."

Octávio Paz

E amo-te,
Damien disse…
"Húmido de beijos e de lágrimas,
ardor da terra com sabor a mar,
o teu corpo perdia-se no meu."

[Eugénio de Andrade]

E amo-te,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro