A fonte II



Caminhe-se sobre o mundo, sobre os muros que envolvem a escuridão. Um mundo como o nosso, vestido de sorrisos e palavras, em lugar da triste face da humanidade. A vida não deve ser atrasada, tal como o pulsar do amanhecer através de céus cinza, lavada dessa face escurecida onde se lia um epitafio escrito sobre a beleza e o sentir.

Comentários

Maria disse…
"Fecha-nos o lençol na claridade difusa do amanhecer, estás perto de mim no intocável da tua doçura."

Vergílio Ferreira in, Para Sempre

Beijo-te,
Damien disse…
"Sê paciente; espera
que a palavra amadureça
e se desprenda como um fruto
ao passar o vento que a mereça."

[Eugénio de Andrade]

Beijo-te,

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Aqui mesmo