A Floresta


Bem dentro da floresta te podes desviar, escutar a linguagem da madeira e ,meio esquecido num dia abafado, com as lâminas dos campos de milho a brilhar em alinhamento, a estrada onde se arrastam os veículos. Os teus passos seguem as sombras para dentro da floresta e ainda mais fundo te podes desviar e escutar o som grave da madeira, ou ver o balouçar das videiras enquanto falecem brisas intermitentes.

Assopra onde o velho tronco assenta, caído, vazio, cinza, por onde o musgo rasteja e fungos crescem como esculturas, bem dentro da floresta e ainda mais profundo te podes desviar e escutar o crepitar da madeira.

Comentários

Maria disse…
"De noite, quando me esquecer
da ondulação verde da terra,
ouvirei o silêncio - e nas suas palavras
contarei as sílabas mudas do amor,
enquanto o mundo não acorda." Nuno Júdice

Beijo-te,
Damien disse…
"Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo."

[Pablo Neruda]

Beijo-te,

Mensagens populares deste blogue

Lua em branco

Deslamento

Quatro