Complementar é preciso



Grande parte das pessoas ainda não se apercebeu da importância da complementaridade numa relação. Ao invés, procuram um clone de si mesmas ou, pelo menos, alguém neutro (ou que se anule) que lhes permita fazer tudo à sua maneira, consoante o seu desejo e adequado ao seu feitio; uma relação “a la carte”.
Esquecem-se do essencial: ter alguém que nos aumente, que partilhe connosco o que desconhecemos, que esteja disponível e anseie a retribuição; não é apenas a pessoa com quem podemos ser nós próprios, é quem nos leva a ser mais do que isso. Muito mais do que isso.

Grande parte das pessoas contenta-se com a sua aproximação, eu procuro a perfeição.


Comentários

Maria disse…
"quando ele criou o céu e a terra, e os deuses,
pôs este monte diante de mim,
assim completo.
mas eu não tinha corpo: era, talvez, um sopro
menos aéreo, no ar.

isto sabes que sei. o resto
é a razão de ser desta viagem..."

António Franco Alexandre

Assim completo, como tu sabes.
Beijo-te,


Damien Hamson disse…
De que me alimento? Vejo o abismo e vejo-te no profundo ser. Uma revelação.

Beijo-te,
Laly disse…
Olá!!

Visitando seu blog pela primeira vez! Estou a procura de blog parecidos com o meu!

http://www.tortabacaxi.blogspot.com.br)

Muito legal a sua postagem, eu não procuro a perfeição, mas o se entregar seria suficiente!! rs

Bjs
Damien Hamson disse…
Obrigado pelo elogio e bem vinda ao Antimatter, Laly.

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Lua em branco