Inimigos públicos

André Kertész - The Dancing Faun, 1919
São perigosos – imprimiam as grandes rotativas. São perigosos – diziam os presidentes nos seus discursos. Há que destruí-los. Os realizadores de sonhos conheciam o seu poder, por isso não estranhavam; também sabiam que a vida os tinha habilitado a proteger-se de mortes anunciadas. Por isso cultivavam jardins de sonhos e exportavam-nos em correio especial.

Comentários

Maria disse…
ousar
'vaguear e sonhar'

Friedrich Schiller

E beijo-te,
El Gato disse…
Pararam silenciosos ao pé das cisternas, vagueiam, estendem-se, enlaçam-se, e encerram-se os olhos de um dia moribundo. Começa agora o desfile nocturno de desafio à melancolia.

Beijo-te,

Mensagens populares deste blogue

Verdade

Limpeza

Aqui mesmo